• Mário Verri

Câmara promove audiência pública sobre Educação Básica em tempo de pandemia

Evento on-line desta quarta-feira (5) contará com a participação de diversas autoridades, como do MP, Legislativo, Executivo, Sismmar, Sinepe, Sinteemar e da APP


A Câmara Municipal de Maringá realiza na noite desta quarta-feira, às 19h, a primeira audiência pública do ano com o tema “Perspectivas para a Educação Básica em tempo de pandemia”. A iniciativa da Frente Parlamentar de Educação, composta pelos vereadores Mário Verri, Ana Lúcia Rodrigues e Onivaldo Barris, contará com a participação de diversas autoridades locais. Entre os confirmados estão a promotora de Justiça do Ministério Público (MP), Michele Nader; secretária de Educação Tânia Regina Periotto; secretário de Saúde Marcelo Puzzi e representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Maringá (Sismmar); Sindicato das Escolas de Educação Infantil (Sinfantil/NOPR); Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Maringá (Sinteemar); Sindicato Estabelecimentos Particulares de Ensino Noroeste Paraná (Sinepe); Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública no Paraná (APP); Núcleo Regional de Educação de Maringá (NRE); Conselho Tutelar e de grupos de mães.

O convite para acompanhar a audiência pública sobre Educação Básica é aberto a toda a população, pois a transmissão ao vivo da audiência pública será feita pelo canal oficial da Câmara no YouTube e pelo perfil oficial do Facebook do Poder Legislativo. Já os participantes do evento estarão conectados por meio do aplicativo Google Meet.


“Acreditamos que o momento é de planejar e discutir diretrizes para que, assim que possível, o retorno às aulas nas escolas públicas maringaenses ocorra sem maiores prejuízos às partes envolvidas, como para os professores, pais e alunos. É uma forma de contribuir de forma assertiva no retorno às atividades presenciais”, explica Verri.


Eleitos os membros da Comissão Extraordinária de Educação

Na sessão ordinária desta terça-feira (4), na Câmara Municipal de Maringá, houve a eleição da composição da Comissão Extraordinária de Educação, que substitui a Frente Parlamentar de Educação. Foram três vereadores eleitos: Ana Lúcia Rodrigues (presidente), Mário Verri (vice-presidente) e Onivaldo Barris (membro). O projeto de resolução 899/2021 da nova comissão é de caráter permanente, assim como as comissões de Constituição e Justiça (CCJ), Finanças e Orçamento (CFO), Políticas Gerais (CPG) e de Direitos Humanos (CDHC). O primeiro mandato vai até 31 de janeiro de 2023.


A nova comissão vai acompanhar e cobrar a execução do Plano Municipal de Educação; avaliar todas as ações e iniciativas relacionadas ao tema no município, inclusive as implementadas pela prefeitura de Maringá; apoiar os processos de qualificação profissional dos docentes na rede pública; promover discussões públicas com a comunidade educacional e a sociedade civil organizada sobre o ensino, além de garantir uma educação inclusiva para as crianças especiais atendidas nos centros de educação e escolas municipais.


“Enquanto vereador, eu entendo que a criação da Comissão Extraordinária de Educação coloca Maringá à frente de outros municípios e reforça a educação municipal de qualidade que a cidade já tem”, finaliza o vereador Mário Verri.

1 visualização